Últimos assuntos
» Novo blogue: Aves do Menino
por marcomenino Seg Nov 04, 2013 8:16 pm

» Apresentação....Alexandre Almeida
por alex-jose Seg Jul 01, 2013 10:44 am

» Luz Artificial / Extractor
por Agaboy Ter Abr 09, 2013 4:09 pm

» Aves do Miguel
por AVESDOTIRABICOS Sab Fev 16, 2013 11:14 pm

» O melhor nos personatas
por AVESDOTIRABICOS Sab Fev 16, 2013 10:55 pm

» SERÁ QUE AINDA VALE A PENA?
por JSalvado Sex Fev 15, 2013 12:04 am

» Colocação de aves novas em espaço de criação
por JSalvado Qui Fev 14, 2013 11:53 pm

» FOTOS DOS NOSSOS CASAIS - RING NECKS
por orni Ter Jan 29, 2013 11:06 pm

» FOTOS DOS NOSSOS CASAIS - CABEÇA DE AMEIXA
por orni Ter Jan 29, 2013 11:03 pm

» Apresentação do Plantel 2013
por Edgar Tourita Seg Jan 28, 2013 9:06 pm

» Proucuro Agapornis Persontas!
por Miguel Pereira Sex Jan 25, 2013 8:12 pm

» FOTOS DOS NOSSOS CASAIS DE 2013 - RED RUMPS
por Rosibird Qui Jan 24, 2013 11:45 pm

» como funcionam os cites?
por Américo Neves Dom Jan 20, 2013 9:30 pm

» Criações 2013
por Miguel Pereira Sex Jan 18, 2013 1:24 am

Conectar-se

Esqueci minha senha


Alimentação Premium para Neophemas

Ir em baixo

Alimentação Premium para Neophemas

Mensagem  Ricardo Mendao Silva em Ter Out 04, 2011 11:39 pm

Sempre na tentativa de providenciar a melhor e mais completa alimentação, optei por estudar as misturas mais populares para neophemas, nomeadamente a mistura da Versele-laga e a mistura da Deli-Nature (Beyers).

Desde que iniciei a criação de Neopsephotus Bourkii que dou às minhas aves a mistura da Versele-laga. No entanto, vários criadores falaram-me bastante bem da mistura da Deli-Nature, o que me deixou curioso relativamente à mesma. As fotos que se seguem apresentam ambas as misturas.


À primeira vista as misturas podem parecer semelhantes, mas a mistura da Deli-Nature mostra ser constituída por sementes mais miúdas. Por exemplo, nota-se de imediato a ausência do cartamo, uma das sementes preferidas pelos neophemas. A tabela que se segue apresenta detalhadamente cada uma das misturas.

VERSELE-LAGA
DELI-NATURE
Milho-alvo branco 30% 49.5%
Milho-alvo amarelo 11%
Milho-alvo japonês 6%
Alpista 24.5% 37.5%
Aveia descascada 9% X
Sementes de cânhamo 5% 6%
Trigo Sarraceno 4.5% X
Níger 4% 5%
Linhaça 4% 2.5%
Cartamo 2% X
Observando a tabela em pormenor, verificamos que a mistura da Deli-Nature é bastante mais simples do que a mistura da Versele-laga. Como pontos comuns, ambas as misturas apresentam uma base semelhante de milho-alvo, sendo no entanto que a Deli-Nature apresenta uma percentagem ligeiramente superior. Ambas as misturas apresentam relativamente a mesma percentagem de cânhamo e niger. Bem superior é a percentagem de alpista na Deli-Nature, relativamente para a mistura da Versele-laga. É sabido que a alpista é fundamental na dieta dos neophemas e aqui a mistura da Deli-Nature marca pontos. Como é sabido, a alpista é uma semente com proteínas muito poderosa que conferem uma grande capacidade alimentar. As proteínas bastante enzimáticas da alpista auxiliam no funcionamento geral de praticamente todos os órgãos vitais. O milho alvo, no geral, é uma fonte de vitamina A e B, ferro, silício, fósforo, flúor, manganésio, magnésio. É ainda um cereal de fácil digestão e bastante alcalino, o que justifica a alta percentagem, comum nas misturas para aves exóticas. Também comum a ambas, o niger, é uma grande fonte de cálcio e fósforo, e portanto plenamente necessária. A linhaça, que na mistura da Deli-Nature apresenta uma percentagem inferior, é um cereal fundamental pois é o maior fornecedor de Omega-3, indispensável para controlar as gorduras maléficas e consequentemente prevenir problemas cardíacos. Ainda presente em ambas as misturas, o cânhamo é também uma boa fonte não só de omega 3, como também de omega 6 (in http://pt.azarius.net/headshop/hemp_products/hemp_food/hempnuts/).É também rico em magnésio, ferro, potássio, fibra e antioxidantes naturais como a vitamina E. Por esta razão é conhecida como uma semente útil na preparação para a criação.

Sendo uma mistura mais complexa, a Versele-laga apresenta na sua constituição três cereais ausentes na Deli-Nature. A aveia, o trigo sarraceno e o cartamo.

Aveia – “Rica em proteínas e minerais, a aveia contribui para o fortalecimento dos ossos, dentes e tecido conjuntivo, além de fornecer energia. Contém ainda níveis elevados de cálcio e fósforo.” (in http://www.seleccoes.pt/a_aveia)
Trigo Sarraceno – “O trigo sarraceno tem 11% de proteína, oito aminoácidos essenciais e é dos poucos bens alimentares a conter lisina (um aminoácido com influência no crescimento e restauração dos tecidos). É rico em vitaminas do complexo B e em minerais, como o zinco, o fósforo, o magnésio, o ferro e o cobre.” (in http://sem-espiga.blogspot.com/2009/07/trigo-sarraceno.html)
Cártamo – “a semente é mais rica em gorduras do que os girassois tradicionais que se tem semelhança, mas são sementes destintas. A importância do uso de Cártamo, por ser uma semente de alto teor de gordura, esta relacionada com a digestão e as fezes do pássaro. Uma ingestão elevada de gordura produz fezes pequenas e baixo consumo de água, uma vez que a água é produzida no metabolismo das gorduras. O equilíbrio correto do total de calorias em relação à necessidade de energia e crescimento da ave é de grande importância.” (in http://www.terradospassaros.com/loja/detalhes.asp?codigo_produto=982)”
Resumindo, considerando a capacidade nutritiva e fornecimento de ácidos essenciais, ambas as misturas apresentam-se semelhantes. No entanto, considerando a manutenção e crescimento, considero a mistura da Versele-laga superior no que toca ao fornecimento de cálcio, minerais e gestão de calorias.

No plano prático, testei ambas as misturas em simultâneo de modo a verificar qual a preferida. No meu caso, apenas testei com neopsephotus bourkii. Após 3 semanas de testes concluí que, tal como já me tinha sido indicado por outros criadores, as aves, em geral, comem praticamente todas as sementes da Deli-Nature, o que não acontece com a mistura da Versele-laga, em que são mais selectivas. Contudo, após a análise de ambas as misturas, torna-se fácil justificar este facto. Uma vez que a mistura da Deli-Nature é mais homogénea, os neophemas comem por inteiro, ou seja, não existe escolha. Em contrapartida, na Versele-laga os neophemas tendem a ser mais selectivos o que leva a sobras e/ou predominância no consumo de determinada semente.

Em termos de conclusão, continuarei com o mesmo esquema que iniciei aquando a criação de neopsephotus bourkii. Manterei a mistura da Versele-laga visto ser, das duas a mais completa, mesmo que isso signifique mais desperdício. No entanto, esta mistura será, como até aqui tem sido, complementada por alpista simples, à disposição num recipiente distinto, bem como milho-alvo em cacho.

Relativamente a custos, ambas as misturas são equivalentes, sendo que a última Versele-laga que adquiri foi por €22.5 a saca de 20kg, enquanto que a Deli-Nature foi por €22.8, também a de 20kg.

Seria de todo interessante juntar a opinião de outros criadores. Tenho ouvido inúmeras soluções de alimentação para neophemas, desde mistura para periquitos até mistura para agapornis. Quais as vantagens e desvantagens?
avatar
Ricardo Mendao Silva
Admin

Mensagens : 304
Data de inscrição : 04/10/2011
Idade : 34
Localização : Pontével

Ver perfil do usuário http://www.orniware.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação Premium para Neophemas

Mensagem  AVESDOTIRABICOS em Sab Nov 05, 2011 12:21 am

Este tipo de tópicos para mim é que tem interesse.
Nós não somos muito experimentados com neophemas, mas fizemos o que tinhamos que fazer antes de começar com os neophemas. Nós procuramos dar sempre o melhor possivel aos nossos pássaros e com isso podermos melhorar as possibilidades de reprodução.
No ano passado que consideramos como o ano "0" como fazemos sempre com uma espécie nova, onde compramos poucos pássaros para ver a sua adaptação à nossa região, a coisa correu bem (não morreu nada) e nós decidimos apostar nos esplêndidos. Como não conheciamos nada deles e nenhum criador que se dedicasse com alguma "força" a eles, fizemos as aquisições na Bélgica e Holanda onde a principal priocupação foi o modo como eles tratam as aves e não tanto a mutação ou porte. No contacto com eles deu pra ver os cuidados que eles tem com os pássaros, o tipo e tamanho de gaiolas, suplementos, alimentação, etc. A partir dai é que começamos a construir os nossos aviários (durante o tempo de quarentena) e procurar a melhor alimentação para eles. Entre os muitos email que enviamos e conversas lá conseguimos uma formula usada por um criador e apartir dai nós fomos a uma fábrica nossa visinha onde já compravamos as sementes e do dialogo com o proprietário surgiu a adaptação para o que hoje é a Mistura para Neophemas da Petcup. Posso ser suspeito já que sou co-responsavel com eles, mas para mim a mistura é boa. Não tem poeiras, tem uma grande variedade de sementes e são todas consumidas por eles (claro que umas primeiro que outras) e o cuidado na escolha das sementes para se conseguir uma alimentação equilibrada mas que ao mesmo tempo pudesse ser competitiva em termo económicos. Por exemplo, nela foi eliminada o canhamo que apesar de ser uma boa semente é sempre da últimas a ser consumida e em algumas aves até com fome não as comem e é cara. Foi analizada as caracteristicas de cada semente para que no seu todo desse uma mistura muito boa.
Outro factor que é muito importante é que os pássaros tenham prazer e sintam vontade de comer e se for dada o mais possivel uma alimentação variada é meio caminho para os pássaros estarem mais saudaveis e com mais interesse em se reproduzir. Nós damos frequentemente folhas de nabo entre outras verduras, as espigas de painço e papa durante praticamente o ano todo.
O importante, para nós, não é o preço das sementes ou se eles desperdição mais ou menos sementes, é o que custa a mortalidade ou a não reprodução das aves. Se for visto em termos económicos muitos dos pássaros que se cria valem mais do que o que custa a comida para toda a vida. O aproveitar as sementes que os pássaros mandam fora decerto que sai mais caro que uma saca de sementes e elas cada vez tão mais caras.

avesdotirabicos
avatar
AVESDOTIRABICOS
Já assobia às gajas
Já assobia às gajas

Mensagens : 88
Data de inscrição : 18/10/2011
Idade : 40
Localização : Fonte Grada - Torres Vedras

Ver perfil do usuário http://www.avesdotirabicos.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação Premium para Neophemas

Mensagem  Ricardo Mendao Silva em Sab Nov 05, 2011 8:46 am

Pouco depois de sair essa mistura da intercereais, comprei uma saca para experimentar. Na mesma altura e após ver o impacto nas minhas aves, enviei o seguinte mail para a casa:

"No primeiro impacto que tive com a mesma, nota-se a predominância da alpista e nota-se também um calibre inferior das sementes, relativamente, por exemplo, à da versele-laga, sendo semelhante à mistura da Deli-Nature.

Tenho fornecido a vossa mistura, juntamente com a da versele-laga, nas voadeiras e as aves pegam bem. Como base está boa, a semente vem limpa e funciona bem em aves que estão na voadeira em situação de manutenção. No entanto, para a criação considero que esta mistura deveria conter sementes mais fortes, como o cânhamo e o trigo sarraceno. O cânhamo, entre outras coisas, é uma fonte natural de vitamina E, fundamental para a reprodução. Por outro lado, o trigo sarraceno contem lisina, um aminoácido que ajuda no crescimento e na restruturação dos tecidos. Os neophemas pegam muito bem em ambas as sementes.

Além dessas duas, o cártamo podia ou não ser adicionado. Há neophemas que comem primeiro o cártamo do que qualquer outra semente, enquanto há outros que não lhe tocam. Em geral, a mistura de neophemas é calórica o suficiente. Contudo, para épocas do ano em que as temperaturas em Portugal descem, o nível calórico fornecido deverá ser superior e ai o cártamo seria bastante importante.

Resumindo, até à data tenho fornecido às minhas aves mistura da versele-laga, adicionando alpista, que na minha opinião é insuficiente. Comparativamente, a vossa mistura apresenta uma base superior, pecando na ausência de sementes que considero essenciais. Podia por exemplo, existir a "Neophemas manutenção", que seria esta, e uma "Neophemas criação" que seria uma mistura mais completa, com canhamo, trigo sarraceno, etc.. Tal como existe para os pombos, também na ornitologia deveríamos ter uma mistura para cada fase do ano, o que ao ser introduzido, seria uma excelente inovação.

Há algum tempo fiz uma breve comparação entre a mistura da versele-laga e a da Deli-Nature, que pode ler no meu site: http://www.orniware.com/blog/?p=664 Seria interessante ter uma solução Nacional superior, ou uma solução que se encaixe a cada necessidade."


Como aqui refiro, na minha casa as aves pegaram relativamente bem, preferindo no entanto a mistura a que estavam habituados. Comecei por fazer o teste com um comedouro de cada por voadeiras de 30 aves e a mistura da versele-laga era a primeira a desaparecer. De qualquer modo, depois limpavam também a da PetCup. De qualquer modo, como refiro no final, na minha opinião esta mistura é boa para manutenção e fraca para a época de criação ou muda.

Como não temos misturas especificas para cada altura do ciclo, continuo a optar pela mistura que na minha opinião supera qualquer uma das outras, nomeadamente a da versele-laga. É mais cara, mas é mais completa e com o sistema que eu faço, de a cada 3 dias passar os restos na máquina, não admito desperdícios.

RMS

_________________
avatar
Ricardo Mendao Silva
Admin

Mensagens : 304
Data de inscrição : 04/10/2011
Idade : 34
Localização : Pontével

Ver perfil do usuário http://www.orniware.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alimentação Premium para Neophemas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum